Reabertura de lojas requer cuidados

A liberação do funcionamento de lojas de roupas, em pontos comerciais externos ou em centros integrados de pequeno


A liberação do funcionamento de lojas de roupas, em pontos comerciais externos ou em centros integrados de pequeno porte, permitida através do decreto municipal 098/2020, requer dos empresários e funcionários cuidados essenciais para manter as ações de combate ao contágio local do Coronavírus.
Ao defender a flexibilização consciente das atividades econômicas locais, a Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM) promove junto aos associados e parceiros uma campanha de conscientização, que reforça a importância de se manter o controle sanitário adequado, a fim de preservar a saúde de quem trabalha e de quem visita as lojas locais.
“Acreditamos que os empresários que atuam em todos os setores do comércio de Macaé já assumiram a responsabilidade de seguir essa nova rotina. Além da testagem dos funcionários antes de abrir as lojas, é preciso garantir que todas as ações sanitárias também sejam realizadas, principalmente no atendimento ao cliente”, reforça o presidente da ACIM, Francisco Navega.
A ACIM preparou a Cartilha de Orientação ao Comércio, que pode ser retirada pelos associados e parceiros na sede da Associação, que fica no Calçadão da Avenida Rui Barbosa, no horário entre 9h e 13h. É importante destacar também que os empresários sigam as diretrizes estabelecidas pelos decretos municipais.
“Em caso de dúvida, o associado ou qualquer empresário do comércio local deve procurar a ACIM. Acompanhamos todas as medidas adotadas pelo município, seja nas restrições, seja nos protocolos sanitários. É preciso respeitar as regras, como a realização dos testes dos funcionários antes da abertura das lojas. Só assim vamos vencer esse momento complexo”, afirma Navega.

Leave a Comment