ACIM presta homenagem póstuma a Deuler Esteves da Silva

A presidência da ACIM prestou hoje (21) homenagem póstuma a Deuler Esteves da Silva, fundador da empresa Polar

A presidência da ACIM prestou hoje (21) homenagem póstuma a Deuler Esteves da Silva, fundador da empresa Polar Componentes.
Pioneiro na fundação da cadeia de fornecedores para a indústria de óleo e gás instalada em Macaé, Deuler foi escolhido pela Diretoria da ACIM para ser o homenageado deste ano com a entrega da Medalha Lacerda Agostinho. Mas, em virtude da pandemia do Coronavírus, a solenidade que marca também as comemorações pelo Dia do Empresário Brasileiro (10 de Outubro) foi adiada.
Por complicações de saúde, Deuler faleceu no último dia 11 de novembro.
A homenagem póstuma foi prestada pelo presidente da ACIM, Francisco Navega, a Emerson Esteves, filho de Deuler, diretor da Polar Componentes e também ex-presidente da ACIM.
“A memória do senhor Deuler está viva na construção de uma cidade forte, capaz de atender com excelência um mercado pujante de alcance internacional. Sua contribuição com Macaé, através de geração de empregos e de iniciativas sociais, nunca será esquecida”, destacou Navega.
História do Homenageado
Deuler Esteves da Silva nasceu em Minas Gerais, na cidade de Paraobeba, em 08/10/1944, e faleceu dia 10/11/2020. Era filho do Sr. Joaquim Esteves da Silva e Dona Francisca Araújo Esteves, que tiveram ao todo treze filhos, dos quais nove chegaram à idade adulta.
Seu pai Sr. Joaquim era empreendedor tendo tido padarias e migrado em busca de melhores perspectivas de vida para sua família, tendo finalmente chegado à cidade de São Paulo nos anos 50, onde se estabeleceu.
No início da indústria automobilística no Brasil, Deuler foi selecionado para estudar como aprendiz de mecânico na recém construída fábrica de caminhões da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo, onde após os anos de curso técnico com instrutores alemães e brasileiros teve seu primeiro emprego, e adquiriu conhecimentos que o nortearam por toda a sua vida.
Trabalhou também na Villares, American Equipamentos e Tema-Terra Maquinaria, nessas como mecânico de guindastes, profissão que o trouxe para Macaé periodicamente de 1978 a 1980 durante a adaptação do Porto de Imbetiba para as operações de apoio Offshore.
Em 29 de dezembro de 1980, com o porto de Imbetiba já em operação, veio para Macaé com a família, sua esposa Dona Maria Alice Rodrigues Esteves, com quem se casou há 50 anos em 06/12/1969, e seus dois filhos, Evandro e Emerson Rodrigues Esteves da Silva. Deuler chefiou diversos times de manutenção e foi responsável por inúmeros contratos de guindastes, tanto no Pier da Petrobrás quanto em diversas plataformas da Bacia de Campos até a sua aposentadoria, no início dos anos noventa.
Em 1991, fundou a empresa individual Deuler Esteves da Silva ME, que foi sucedida no ano seguinte pela POLAR, com a entrada de seus filhos na sociedade, primeiro Evandro em 1992 e depois Emerson em 1995.
Na Polar Deuler replicou seus valores pessoais e da família, como o respeito com que trata a todos, a seriedade e responsabilidade com que conduz os negócios, a preocupação com o bem-estar de todos, a começar pelo círculo mais próximo e expandindo por toda a sociedade.
Deuler soube manter a família unida em torno dos negócios, e sempre foi o Norte para seus filhos. Graças a ele, a Polar se estruturou e expandiu inclusive para fora do Brasil, tornando-se uma referência na distribuição de componentes para a indústria offshore.
Até sua internação Deuler continuou muito ativo em suas atividades, mesmo tendo que conciliar com os cuidados de sua saúde e de sua esposa Maria Alice. Esteve sempre à postos para ajudar qualquer um que lhe pedisse ajuda, com muito carinho e dedicação.

Leave a Comment