ACIM e instituições avaliam com o governo medidas de enfrentamento à pandemia

A ACIM junto a instituições que representam segmentos importantes da base econômica de Macaé, avaliaram junto ao prefeito

A ACIM junto a instituições que representam segmentos importantes da base econômica de Macaé, avaliaram junto ao prefeito Welberth Rezende as medidas de restrições adotadas pelo município para conter o aumento dos índices de contágio do Coronavírus e o percentual de ocupação dos leitos de CTI na cidade.

Em reunião realizada na noite de terça-feira (9), o presidente da ACIM, Olavo Pinheiro Júnior, reiterou junto ao prefeito a necessidade de intervenção imediata diante do novo cenário da pandemia, de maneira que reduza os impactos sobre as atividades comerciais da cidade.
“Reconhecemos a necessidade de intervenção do governo diante do avanço da pandemia e reiteramos a disposição do prefeito em dialogar com as instituições, lutando para manter as atividades abertas, mas com restrições de horário”, destacou Olavo.
Segundo Welberth, não há previsão do governo em determinar o fechamento de atividades comerciais na cidade. No entanto, o prefeito afirmou que a atual fase da pandemia requer a definição de medidas que reduzam a circulação e aglomeração de pessoas.
“O nosso foco é retornar a um cenário de tranquilidade para assegurar as flexibilizações. Porém, estamos hoje em um cenário crítico que é nacional, com a média de novos casos crescente. Precisamos intervir agora, para que não seja necessário fechar atividades e nem colapsar a nossa rede de saúde”, disse Welberth.

Leave a Comment