ACIM destaca potencial de investimentos para Macaé

A Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM) listou uma série de dados e informações concretas que apontam

Navega destaca potencial de Macaé

A Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM) listou uma série de dados e informações concretas que apontam um futuro promissor para o desenvolvimento da cidade, o que passa a atrair a atenção de novos investidores que já mapeiam o município, como forma de iniciar negócios e superar o cenário de crise gerado pela pandemia.

No documento “Perspectivas de Investimento e Desenvolvimento em Macaé”, a ACIM destaca como pilares para o futuro da economia local a consolidação do parque de usinas termelétricas no município. Com duas unidades em operação e uma em construção, Macaé deve recever mais 10 empreendimentos ao longo dos próximos cinco anos.
“Com a consolidação desses projetos, Macaé terá a capacidade de gerar energia no mesmo volume de produção da Usina de Itaipú. Seremos definitivamente a Capital da Energia no Estado do Rio”, afirma Francisco Navega, presidente da ACIM.
Esse potencial é assegurado pela capacidade de processamento de gás natural produzido nos campos das Bacias de Campos e de Santos, direcionados hoje para o Terminal Cabiúnas, a maior base de gás natural da Petrobras no Brasil.
O documento da ACIM destaca também a perspectiva de instalação do novo porto, o Tepor, que também terá capacidade de armazenagem e transporte de petróleo produzido na nossa região.
A expertise adquirida pela cidade ao longo de quatro décadas de operações da Bacia de Campos também reforça o potencial de Macaé atrair mais investimentos.
“Estamos preparados para atender a nova demanda do mercado, não apenas do petróleo, mas de consumo no comércio, construção civil, prestadores de serviços. Temos mão de obra qualificada e uma infraestrutura já instalada. Macaé vai superar o cenário de recessão o quanto antes”, avalia Navega.

O documento foi elaborado através de um trabalho realizado pelas instituições que compõem o Repensar Macaé: ACIM, Comissão Municipal da Firjan, Rede Petro-Bacia de Campos, Federação do Conventions and Visitors Bureau (CVB), Sociedade de Engenheiros do Petróleo (SPE), Sebrae, Associação Macaense de Contabilistas (AMACON), Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) e Internacional Association of Drillings Contractors (IADC).

Leave a Comment